Institucional

O Grande Desafio


Há décadas que muitos líderes políticos, empreendedores de renome, intelectuais afamados e outros responsáveis, vêm alertando para a necessidade de combater o atraso educacional existente nos Países de Língua Portuguesa.​

Os Estabelecimentos do Ensino do “Grupo Lusófona”, seja no Brasil, seja em Portugal, em Angola ou Moçambique, na Guiné-Bissau ou em Cabo Verde, têm como missão pesquisar e investigar para que haja mais conhecimento, mais tecnologias, mais ensino, mais promoção da cultura, das ciências, das artes e das tecnologias, em ordem ao desenvolvimento dos Países e Povos do espaço lusófono.​​

Estamos solidários com todos os que fazem o mesmo que nós; concorrentes ou competidores, temos objetivos comuns: que os países e povos lusófonos sejam tão desenvolvidos como os falantes de qualquer outra língua!​

Para isso é necessário vontade, mobilização dos Estados e de iniciativas oriundas da sociedade civil, respeitar os princípios da liberdade de ensinar e apreender, a livre iniciativa de criar escolas e a livre escolha de estabelecimento educativo. Isto é o que deve ser feito. O resto é com Deus.​

* Manuel de Almeida Damásio Presidente do Grupo Lusófona

Administração

A ULG – Universidade Lusófona Guiné, integrada ao maior grupo de ensino nos países de Língua Portuguesa, O Grupo Lusófona, tem por missão oferecer educação superior de excelência, conectada com o seu tempo e antenada com as mudanças da sociedade para formar cidadãos e profissionais competentes, éticos, empreendedores e conscientes da necessidade da formação continuada ao longo de toda a vida. A Universidade Lusófona Guiné tem compromisso com a qualidade de vida, o protagonismo social, a solidariedade, o bom atendimento, a competência, o respeito a si mesmo, ao outro e a toda a forma de vida. Sua prioridade é o desenvolvimento do projeto pedagógico atualizado, com professores competentes, qualificados e que fazem aprender com uma infra-estrutura tecnologicamente avançada.​

A Universidade Lusófona Guiné, fundada em 14 de novembro de 2008, data em que obteve o credenciamento mediante Portaria do Ministro da Educação, assumindo sua vocação empreendedora, com responsabilidade social e empresarial, assumiu os riscos de proporcionar à comunidade de Bissau a oportunidade de construir as competências e habilidades que o dinamismo do mundo do trabalho exige. A criação da Universidade Lusófona Guiné foi inspirada pela sociedade atual que vive o paradigma da velocidade, da mudança representada pela estonteante e contínua criação de novos conhecimentos. A aplicação desses novos conhecimentos gera tecnologia. A tecnologia se concretiza em produtos. Novos e sedutores produtos criam necessidades cuja satisfação gera consumo e altera costumes, hábitos e valores. É a globalização do consumo criando uma sociedade mundial de produtores, assimiladores e consumidores de tecnologia.

Missão

A Universidade Lusófona Guiné tem por missão promover o ensino superior em todas as áreas do saber, dedicada à criação, transmissão, crítica e difusão da cultura, ciência e tecnologia, e tem por objetivos o ensino, a extensão e a iniciação cientifica, bem como a prestação de serviços, numa perspectiva interdisciplinar e, especialmente, em ordem ao desenvolvimento dos países e povos de língua portuguesa. A Universidade Lusófona Guiné tem compromisso com a qualidade de vida, o protagonismo social, a solidariedade, o bom atendimento, a competência, o respeito a si mesmo, ao outro e a toda a forma de vida. Sua prioridade é o desenvolvimento do projeto pedagógico atualizado, com professores competentes, qualificados e que fazem aprender com uma infraestrutura tecnologicamente avançada.

Objetivos pedagógicos e sociais da Universidade

A Universidade Lusófona Guiné tem por objetivos no período 2019/2024​

  • Continuar a ministrar cursos de graduação e pós-graduação lato sensu que atendam às demandas sociais e às necessidades do mercado de trabalho e da região, com a possibilidade de expansão da oferta de cursos, seja na modalidade presencial ou a distância;
  • Criar Educação à Distância para a oferta de cursos de Graduação e Pós-Graduação lato sensu, com a respectiva abertura de polos de apoio presencial em diversos Estados do País;
  • Oferta Cursos Sequenciais de Estudo Complementares nas áreas de Administração, Direito, Educação e Turismo, de forma a atender a demanda existente na sua área de atuação;
  • Desenvolver a pesquisa voltada para a resolução de problemas e de demanadas da comunidade na qual a instituição está inserida; e alinhadas a um modelo de desenvolvimento que privilegia, além do crescimento econômico, a promoção da qualidade de vida;
  • Desenvolver a extensão visando promover a sua articulação com a sociedade, transferindo para esta os conhecimentos desenvolvidos com as atividades de ensino e pesquisa, e captando as demandas sociais para orientar a produção e o desenvolvimento de novos conhecimentos na Instituição;
  • Manter corpo docente e corpo técnico-administrativo qualificados, atualizados, motivados e, sobretudo, comprometidos com a missão institucional;
  • Oferecer apoio ao corpo discente, incluindo ações nos âmbitos social, acadêmico e cultural;
  • Disponibilizar estrutura organizacional descentralizada, infraestrutura física e acadêmica, favorecendo o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão e contribuindo de forma efetiva para a consolidação dos seus cursos;
  • Empregar a avaliação institucional como estratégia de conhecimento da própria realidade institucional, a fim de melhorar a qualidade de suas atividades e alcançar maior relevância social;
  • Garantir a auto-sustentabilidade financeira.